quarta-feira, 28 de abril de 2010

AMOR INCONDICIONAL

Tantos tipos de amor tenho visto por aí. Amores fracos, desnutridos de coragem; amores fortes, que atravessam muitas barreiras, mas que em certo momento tropeçam numa pequena pedra, caem e não conseguem mais se levantar.

De tantos e todos os tipos de amor que conheci, houve um que jamais esquecerei: o amor incondicional, aquele que existe apesar de, e que atravessa qualquer tipo de tempestade, tropeça em muitos obstáculos e mesmo assim não deixa de existir; não altera a sua rota, não diminui a sua dimensão, não perde o seu peso, não permite que o seu brilho seja ofuscado.

Só ama incondicionalmente quem é possuidor de uma alma grande, e esse tipo de alma normalmente é acompanhada de um espírito de luz.

Amar assim é não viver subjugado a "mas..." e "poréns...", é não ter critérios para doar esse amor, é não exigir troca e abrir mão de reciprocidade.

Quando se ama incondicionalmente tem um espaço dentro do cérebro que fica reservado em definitivo para que nas vinte e quatro horas do dia o pensamento não se afaste do objeto desse amor. Já no coração, não existe um espaço designado para guardá-lo, porque ele é todo esse amor, vivenciado e sentido enquanto ele bater.

Amor incondicional não tem orgulho de nenhuma espécie. Não se envaidece de sua capacidade, nem de sua força, não tem necessidade de alardear a sua existência, nem demonstrar o seu imenso universo, ele é simplesmente um amor humilde, puro e despretensioso e justo por isso se torna grandioso.

Corações que vivem esse tipo de amor, são generosos, eternos, mesmo depois que param de bater, são sublimes e por isso conseguem guardar dentro deles tanta ternura.

Amor incondicional não faz de conta que é, não se obriga a desistir de si mesmo, não precisa viver de fantasias, nem andar travestido de ilusões para prosseguir o seu caminho. Esse amor do qual estou falando é por si só inteiro, não agoniza e muitas vezes inexiste aos olhos dos outros, mas quem ama incondicionalmente, sabe a receita exata de como vivê-lo sem dores.

Felizes daqueles que despertam essa maneira de amar em alguém, esses sim, têm motivos de sobra para se orgulhar por terem conseguido atingir de forma tão especial um coração carregado do mais puro dos sentimentos.

Amor se torna incondicional quando ele já se acomodou dentro do peito, já se conformou com a estrada que terá que percorrer e já não há mais possibilidade de derrapar em nenhuma curva desse caminho, nem ser atropelado por qualquer dúvida. É quando também, o que ficou para trás já não importa e o que está por vir não vai mudar nada.

O amor incondicional é aquele que doa o melhor de si, mesmo que esteja recebendo o pior de alguém, porque ele não depende de ser querido, nem de ser aceito e não esmorece se for ignorado.

Esse amor é daqueles amores que no passado já sangraram muito, latejaram, abriram enormes feridas, mas que ainda assim não deixaram marcas nem cicatrizes, porque a partir daí, resplandeceram e passaram a viver em eterno estado de graça até o instante que se eternizaram.

Há quem diga que o amor incondicional é masoquista, isso não é verdade, esse tipo de amor é o inútil. O amor inútil sim, alimenta-se de sofrimento, resiste a tudo com esperanças de alcançar o seu objetivo, que já ficou bem claro, não será conquistado. O amor inútil é aquele que já foi embora mas saiu tão mansamente que nem deixou que percebessem sua partida, ao contrário do incondicional, que se instalou dentro de alguém e não pretende procurar a saída.

O amor incondicional não corre atrás de sonhos impossíveis, não precisa disso. Ele já é maduro, há muito deixou de ser adolescente, e envelhecer também não está nos seus planos, porque o amor que se torna velho, é um amor cansado, desgastado, exaurido. Já o incondicional é e sempre será, ativo, independente, coerente, auto-suficiente, porque se reserva o direito de ser solitário e ainda assim completo e realizado, porque reside nele a certeza de sua inocência, pureza e sinceridade.

Existe um encontro marcado entre o amor incondicional, a glória e o esplendor em algum canto do mundo, em algum instante da vida ou em algum momento após a morte, mas ele não conta os dias para isso, nem sequer consulta o relógio, embora para ele, o momento desse encontro seja a grande magia da sua existência.

Amor incondicional é de uma elegância imensurável, de uma postura invejável e de uma personalidade única.

Felizes daqueles que são merecedores de serem amados incondicionalmente e mais felizes ainda, aqueles que se permitem amar assim, porque são eles os grandes heróis da vida.

Infelizes daqueles que não conseguem perceber quando despertam esse tipo de amor, que não têm a sensibilidade de sentí-lo ao seu redor e valorizá-lo independente do que podem oferecer a ele.

Amar incondicionalmente é uma arte.
Ser amado assim, um presente divino.

(Silvana Duboc)

terça-feira, 27 de abril de 2010

Filosofia de vida



Filosofia de vida, ou cosmovisão, significa um “sistema pessoal de idéias e sentimentos a respeito do universo e do mundo”. Cada ser humano, em maior ou menor grau, tenha ou não consciência deste fato, possui uma concepção própria acerca da vida, do mundo, do universo.

O fato é que todos revelam sua filosofia de vida através de manifestações, atitudes, maneiras de enfrentar as circunstâncias, de forma trivial, no dia-a-dia. Outros, em maior profundidade, o fazem através de artigos ou livros.

Cada pessoa, com suas características extremamente individuais, já nos primeiros anos de sua vida, elabora uma escala de valores, embasada na família e na sociedade. Com o passar do tempo, muitos vão construindo seu sistema de valores de forma mais personalizada, muitas vezes em conflito com a família de origem e a comunidade em que se desenvolveram.

Infinitos são os critérios a serem utilizados na estrutura da cosmovisão. De início, é necessário definir-se qual o sentido da vida, seu real propósito, seu significado maior. E, seguindo esta trilha, são ilimitadas as questões de elevada importância. Entre elas: Existe vida após a morte? O que é mais importante: concentrar-se em si mesmo, ou contribuir mais intensamente com a sociedade, sem, contudo, descuidar-se de seus próprios interesses? Os preconceitos de toda ordem, em especial os de raça e cor, devem ser cultivados, ou erradicados de vez da face da terra? Os bens disponíveis devem ser distribuídos a toda a humanidade, de forma justa e equilibrada, ou apenas usufruídos pelos detentores do poder e da riqueza? A liberdade deve ser compreendida, acalentada, defendida e desfrutada por todos, ou somente por uma minoria afortunada?

Bem, poderíamos seguir adiante nestas con-siderações, “ad infinitum”. Porém, nosso maior propósito ao escrever sobre este tema é despertar a questão no espírito das pessoas, para que reflitam sobre sua vida, seus valores, suas concepções mais profundas. Cada um, aprimorando sua filosofia de vida, sua cosmovisão, com certeza haverá de melhorar a qualidade da própria vida e, por via de conse-qüência, a vida da família, da comunidade, do país, do mundo inteiro, mesmo que, para tanto, sejam necessários alguns séculos.

Do livro: "A Arte de Viver"

domingo, 25 de abril de 2010

MINHA GENTE LINDA.....PESSOAS QUE AMO E QUE FAZEM PARTE DA MINHA VIDA......

minha gente linda

Família...DEUS.
Família...pai e mãe.
Família...mulher e filhos.
Família...amigos.
Família...união de pessoas que te fazem feliz a todo o momento,inclusive nos momentos em que te chamam a atenção.
Família....união de coisas que te rodeiam e que fazem você viver.
Família...eu, tu, ele, não importa quem seja ou onde esteja.
Família...nós....juntos...nem sempre unidos,mais em busca do mesmo ideal.
Família....terra, ar, fogo, água e animal.
Família...vegetal ou mineral.
Família tudo...
Tudo que tu rodeias e que te rodeia.
Tudo que tu olhas e que te olha,
Tudo que tu sentes e que te sente,
Tudo que tu tens e que te tem,
Tudo que tu ouves e que te ouve,
Tudo que tu tocas e que te toca
Tudo o que tu queres e que te quer,
Tudo o que tu precisas e que te precisa,
Tudo o que tu almejas e que te almeja,
Tudo que tu vives e que te vive.
Enfim... família é tudo....
Tudo o que temos e queremos ter,
Tudo o que sentimos e queremos sentir,
Tudo o que precisamos para sobreviver.
Família... é dividir, compartilhar, doar
Família é dar, sem receber,
Família é início, meio e fim...


(Marcio Santos)

sábado, 24 de abril de 2010

MEU MUNDO TEM O TAMANHO DOS MEUS SONHOS...


Um dia uma criança chegou diante de um pensador e perguntou-lhe:”Que tamanho tem o universo?”Acariciando a cabeça da criança,ele olhou para o infinito e respondeu:”O universo tem o tamanho do seu mundo.”Perturbada,ela novamente indagou:”Que tamanho tem meu mundo?”O pensador respondeu:”Tem o tamanho dos seus sonhos.”Se seus sonhos são pequenos,sua visão será pequena,suas metas serão limitadas,seus alvos serão diminutos,sua estrada será estreita,sua capacidade de suportar as tormentas será frágil.Os sonhos regam a existência com sentido.Se seus sonhos são frágeis,sua comida não terá sabor,suas primaveras não terão flores,suas manhãs não terão orvalho,sua emoção não terá romances.A presença dos sonhos transforma os miseráveis em reis,faz dos idosos,jovens,e a ausência deles transforma milionários em mendigos faz dos jovens idosos.Os sonhos trazem saúde para a emoção, equipam o frágil para ser autor da sua história,fazem os tímidos terem golpes de ousadia e os derrotados serem construtores de oportunidades.Sonhe!"

Augusto Cury

quinta-feira, 22 de abril de 2010

FELIZ ANIVERSARIO, SILVIA


BOM DIAAAAAA..........
HOJE É ANIVERSARIO DA MINHA IRMÃ........
DIA LINDO,ENSOLARADO,CLARO,QUENTE.
DEUS PREPAROU PRA VC ESTE DIA LINDO PRA VC COMEMORAR SEU ANIVERSARIO.
QUER PRESENTE MELHOR,COM ESSE DIA LINDO ,TENHO CERTEZA Q VIRÃO COISAS BOAS,
VC MERECE TUDO DE BOM,PELA PESSOA MARAVILHOSA Q É.
ENTÃO É ISSO,Ñ PODERIA DEIXAR PASSAR EM BRANCO UM DIA TÃO IMPORTANTE,
DESEJO Q VC SEJA MUITO FELIZ E CONTINUE SENDO A PESSOA MARAVILHOSA ,ALEGRE,DE BEM COM A VIDA.
UMA MULHER LINDA E INTELIGENTE(APESAR DE LOIRA) RSRSRS.
DEUS TE QUER SEMPRE SORRINDO E FELIZ(E EU TBM )

PARABENS PRA VOCE.
NESTA DATA QUERIDA.
MUITAS FELICIDADES.
MUITOS ANOS DE VIDA.

E PRA SILVIA NADA......TUDO
É PIC É PIC É PIC
É PIC É PIC É PIC

VIVA A SILVIAAAAAAAAAAAA

VINHA... VINHA... VINHA... VINHA... VINHA...

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Sobre estar sozinho


Não é apenas o avanço tecnológico que marcou o início deste milênio.

As relações afetivas também estão passando por profundas transformações e revolucionando o conceito de amor. O que se busca hoje é uma relação compatível com os tempos modernos, na qual exista individualidade, respeito, alegria e prazer de estar junto, e não mais uma relação de dependência, em que um responsabiliza o outro pelo seu bem-estar.

A idéia de uma pessoa ser o remédio para nossa felicidade, que nasceu com o romantismo, está fadada a desaparecer neste início de século. O amor romântico parte da premissa de que somos uma fração e precisamos encontrar nossa outra metade para nos sentirrmos completos. Muitas vezes ocorre até um processo de despersonalização que, historicamente, tem atingido mais a mulher. Ela abandona suas características para se amalgamar ao projeto masculino. A teoria da ligação entre os opostos também vem dessa raiz: o outro tem de saber o que eu não sei. Se sou manso, ele deve ser agressivo, e assim por diante. Uma idéia prática de sobrevivência e pouco romântica, por sinal.

A palavra de ordem deste século é parceria. Estamos trocando o amor de necessidade pelo amor de desejo. Eu gosto e desejo a companhia, mas não preciso, o que é muito diferente. Com o avanço tecnológico, que exige mais tempo individual, as pessoas estão perdendo o pavor de ficar sozinhas e aprendendo a conviver melhor consigo mesmas. Elas estão começando a perceber que se sentem fração, mas são inteiras. O outro, com o qual se estabelece um elo, também sente u ma fração. Não é príncipe ou salvador de coisa nenhuma. É apenas um companheiro de viagem. O homem é um animal que vai mudando o mundo e depois tem de ir se reciclando para se adaptar ao mundo que fabricou.

Estamos entrando na era da individualidade, o que não tem nada a ver com egoísmo. O egoísta não tem energia própria; ele se alimenta da energia que vem do outro, seja ela financeira ou moral. A nova forma de amor, tem nova feição e significado. Visa a aproximação de dois inteiros, e não a união de duas metades. E ela só é possível para aqueles que conseguirem trabalhar sua individualidade. Quanto mais o indivíduo for competente para viver sozinho, mais preparado estará para uma boa relação afetiva. A solidão é boa, ficar sozinho não é vergonhoso. Ao contrário, dá dignidade à pessoa. As boas relações afetivas são ótimas, são muito parecidas com o ficar sozinho, ninguém exige nada de ninguém e ambos crescem juntos.

Relações de dominação e de concessões exageradas são coisas do século passado. Cada cérebro é único. Nosso modo de pensar e agir não serve de referência para avaliar ninguém. Muitas vezes pensamos que o outro é nossa alma gêmea e , na verdade, o que fizemos foi inventá-lo ao nosso gosto. Todas as pessoas deveriam ficar sozinhas de vez em quando, para estabelecer um diálogo interno e descobrir sua força pessoal. Na solidão, indivíduo entende que a harmonia e a paz de espírito só podem ser encontra das dentro dele mesmo, e não a partir do outro. Ao perceber isso, ele se torna menos crítico e mais compreensivo quanto às diferenças, respeitando a maneira de ser de cada um.

O amor de duas pessoas inteiras é bem mais saudável. Nesse tipo de ligação, há aconchego o prazer da companhia e o respeito pelo ser amado. Nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar a si mesmo...
"A PIOR SOLIDÃO É AQUELA QUE SE SENTE QUANDO ACOMPANHADO"


Flávio Gilkovate (médico psicoterapeuta)

terça-feira, 20 de abril de 2010

COMO DUVIDAR Q A BAHIA É O CELEIRO DOS MUSICOS, DOS POETAS?????
IMPOSSIVEL QUESTIONAR........
POETAS Q SE TORNAM MUSICOS......
TEXTOS LINDOS,MUSICAS MARAVILHOSAS......
POEMAS TRANSFORMADOS EM MUSICA..............LINDOOOOOOOOOOO.......

ESSA Q EXPONHO ,SEM DUVIDA É UM POEMA Q SE TRANSFORMOU EM MUSICA.........

AUTORIA DO MEU AMIGO HAFIF........MARAVILHOSO HAFIF...............


RECIPROCIDADE

Agora acordo mais feliz
Por certo, algo bom se sucedeu
Um lindo ser na minha vida
Não sei de onde apareceu
Só sei que trouxe brilho para os olhos meus
É claro que lhe faço bem
Por certo que este alguém já percebeu
Receptiva aos meus afagos
Compartilhou os sonhos seus
Em braços que lhe acolher
Vivemos nesta reciprocidade
Fazendo bem ao outro de verdade
Dá-se a construção deste bem querer
Em alicerces de prazer
Não é mais um encontro de metades
Inteiros, buscando a felicidade
Tudo que o amor pode oferecer
Gozar, curtir, amar, crescer...
Agora acordo mais feliz
Lá fora um novo dia clareou
Ando louco de vontade
De contar para cidade
Que eu tenho um novo amor

segunda-feira, 19 de abril de 2010

PARA SE ROUBAR UM CORAÇÃO..........


Para se roubar um coração, é preciso que seja com muita habilidade, tem que ser vagarosamente, disfarçadamente, não se chega com ímpeto,
não se alcança o coração de alguém com pressa.
Tem que se aproximar com meias palavras, suavemente, apoderar-se dele aos poucos, com cuidado.
Não se pode deixar que percebam que ele será roubado, na verdade, teremos que furtá-lo, docemente.
Conquistar um coração de verdade dá trabalho,
requer paciência, é como se fosse tecer uma colcha de retalhos, aplicar uma renda em um vestido, tratar de um jardim, cuidar de uma criança.
É necessário que seja com destreza, com vontade, com encanto, carinho e sinceridade.
Para se conquistar um coração definitivamente
tem que ter garra e esperteza, mas não falo dessa esperteza que todos conhecem, falo da esperteza de sentimentos, daquela que existe guardada na alma em todos os momentos.
Quando se deseja realmente conquistar um coração, é preciso que antes já tenhamos conseguido conquistar o nosso, é preciso que ele já tenha sido explorado nos mínimos detalhes,
que já se tenha conseguido conhecer cada cantinho, entender cada espaço preenchido e aceitar cada espaço vago.
...e então, quando finalmente esse coração for conquistado, quando tivermos nos apoderado dele,
vai existir uma parte de alguém que seguirá conosco.
Uma metade de alguém que será guiada por nós
e o nosso coração passará a bater por conta desse outro coração.
Eles sofrerão altos e baixos sim, mas com certeza haverá instantes, milhares de instantes de alegria.
Baterá descompassado muitas vezes e sabe por que?
Faltará a metade dele que ainda não está junto de nós.
Até que um dia, cansado de estar dividido ao meio, esse coração chamará a sua outra parte e alguém por vontade própria, sem que precisemos roubá-la ou furtá-la nos entregará a metade que faltava.
... e é assim que se rouba um coração, fácil não?
Pois é, nós só precisaremos roubar uma metade,
a outra virá na nossa mão e ficará detectado um roubo então!
E é só por isso que encontramos tantas pessoas pela vida a fora que dizem que nunca mais conseguiram amar alguém... é simples...
é porque elas não possuem mais coração, eles foram roubados, arrancados do seu peito, e somente com um grande amor ela terá um novo coração, afinal de contas, corações são para serem divididos, e com certeza esse grande amor repartirá o dele com você.......

Luís Fernando Veríssimo

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Sim ,sim ,sim
Estou aqui e pronta pra me mostrar,com textos ,poesias e crônicas,de autoria de ilustres pessoas.
Adoro poesia e sempre encontro uma, q mostra meu estado de espirito,mostra como sou,mostra como estou.
Postarei aqui tudo com muito carinho,tbm para os outros, mas especialmente pra mim.
Tenho esse espaço e farei dele um cantinho muito aconchegante para leitura,minha reflexão.
Aprendi com a internet como é bom ler; é sonhar acordado, é viajar,devanear,muito bom isso.
Amigos ???
ora ora ora,fiz muitos amigos virtuais,e muitos deles serão meus eternamente.
Romance???
Impossivel isso na net,ñ acredito em amores internautas,ñ acreditto em namoro pela net.
Namoro é pegar na mão,é sentir a pessoa ,seu cheiro,seu calor.Sem isso ñ da pra considerar namoro né?
Bom, isso é só um pouquinho do q penso, coloquei como primeira postagem um texto q é meu preferido, pq tenho certeza q "UM DIA VOCE APRENDE ", aprende a amar o proximo , a amar a vida, a amar a natureza, a amar nossa casa,nosso planeta.
Então ,por enquanto é isso...........

sábado, 10 de abril de 2010

meu texto preferido


UM DIA VOCE APRENDE.

Depois de algum tempo, você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas. E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.

E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão. Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo. E aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam... E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la, por isso. Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.

Descobre que se levam anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias. E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher. Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam, percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.

Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa, por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a última vez que as vejamos. Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser. Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto. Aprende que não importa onde já chegou, mas onde está indo, mas se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve. Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados.

Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática. Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se.

Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou. Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha. Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens, poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.

Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não o ama, contudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.
Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo. Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado. Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás.

Portanto... plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores. E você aprende que realmente pode suportar... que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida!"

William Shakespeare